Firjan prevê fechamento de vagas no estado

08 de Fevereiro de 2018

Firjan prevê fechamento de vagas no estado

Para Federação das Indústrias, aumento do piso salarial fluminense está totalmente descolado da realidade de crise do estado

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) condenou a decisão da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) de aprovar reajuste de 5% no piso salarial no estado fluminense, nesta quarta-feira (7). O índice, que é quase o triplo aprovado para o salário mínimo nacional (1,8%), trará consequências sérias, como a possível extinção de mais 25 mil vagas de trabalho, efeito cascata nos preços de produtos e serviços, tornando-se, enfim, onerosa para toda a sociedade.

A Firjan disse que os parlamentares fluminenses ignoraram todas as advertências e a grave crise econômica na qual está mergulhado o estado.

A entidade destacou que o estado perdeu meio milhão de vagas de emprego nos últimos três anos, 92.192 só em 2017. Destacou que o Rio é o estado em pior situação econômica do País, sem paralelo com nenhum outro. Ainda assim, é a praça que dará o reajuste mais alto. Dessa forma, o piso do Rio ficará 25,1% maior que o salário mínimo nacional. Segundo a Firjan, nem nos tempos de bonança, de elevada taxa de crescimento econômico, a diferença foi tão grande. São Paulo, que perdeu 6.651 vagas de emprego ano passado, terá seu piso regional reajustado em 2,99%.

Durante todo o ano, a Firjan disse que, de forma incansável, encaminhou índices e projeções sobre a economia no estado e no País ao Conselho Estadual de Trabalho, Emprego e Geração de Renda do Estado do Rio de Janeiro (Ceterj). Todos os alertas foram desprezados.

A Firjan conclui que o aumento do piso salarial fluminense está totalmente descolado da realidade do estado, que enfrenta uma aguda crise, que não terá fim em 2018. A decisão dos deputados abate, definitivamente, qualquer possibilidade de o Rio ensaiar uma retomada este ano, acredita a Firjan.

© Copyright 2016 | CNseg | Rua Senador Dantas 74, 13º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777