FMI prevê crescimento mais robusto da economia global

02 de Janeiro de 2018

FMI prevê crescimento mais robusto da economia global

Taxa de 3,6% em 2018 equivale a médias que precederam crise mundial de 2008

Uma recuperação da economia mundial mais forte e mais bem distribuída neste ano é prevista pela diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde. Em entrevista, ela prevê taxa de crescimento perto das que antederam a crise financeira global de 2007/2008. "Em 2017, pela primeira vez em muito tempo, revisamos em alta as nossas previsões de crescimento no mundo”, declarou à revista francesa Le Journal du Dimanche.

Ela estima a expansão em 3,6% neste 2018, um crescimento robusto e propício para prosseguir as reformas estruturais, se estiverem em curso nos países, ou para iniciá-las, no caso de nações que ainda avaliam as mexidas para tornar sua economia resiliente.

Ela fez um breve balanço das principais economias globais. Sobre a zona do euro, disse que a região está fortemente consolidada se comparada à década passada, destacando que sua moeda vai bem. No caso dos EUA, afirmou que o país atingiu seu potencial de crescimento, em torno de 2%, mas uma taxa maior só poderá ser alcançada com aumento da produtividade, algo que é "difícil" no atual ambiente de robotização e de novas tecnologias. Em relação à China, repetiu os apelos para que as autoridades chinesas controlem a expansão do crédito a empresas "que nem sempre são sólidas, a ponto de alguns as qualificarem como 'zumbis'" e considerou o grande paradoxo de 2017 aquele país ter se convertido no defensor da globalização, ocupando o espaço vazio deixado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesse campo.

© Copyright 2016 | CNseg | Rua Senador Dantas 74, 13º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777