Indicador do BC vê reação da economia em abril

16 de Junho de 2017

Indicador do BC vê reação da economia em abril

No acumulado em 12 meses até abril, porém, IBC-Br dessazonalizado registrou contração de 2,66%

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou alta de 0,28% em abril, na comparação com o março. O dado, divulgado nesta sexta-feira, indica uma retomada da atividade econômica no segundo trimestre, tendo em vista que, em março, o índice dessazonalizado apresentara queda de 0,44% em relação a fevereiro. Na comparação entre abril deste ano e o mesmo período de 2016, a alta foi ainda maior, de 0,51%.

O IBC-Br avalia a evolução da atividade econômica, ajudando o Banco Central a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. Segundo o Banco Central, no acumulado em 12 meses até abril, o IBC-Br dessazonalizado registrou contração de 2,66%.

Na metodologia do IBC-Br, são  incorporadas informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. No mercado, este indicador é considerado como uma prévia do indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB), - a soma de todas as riquezas produzidas no País -, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

© Copyright 2016 | CNseg | Rua Senador Dantas 74, 13º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777