Voltar ao topo

BDCT

Programa de Certificação Técnica para o Mercado Segurador

A Susep decidiu aperfeiçoar a capacitação técnica do mercado segurador, adotando práticas uniformes entre seus profissionais. Para tanto, editou um conjunto de normas via a Resolução CNSP nº 115/2004 e a Circular Susep nº 290/2005. Tais regras fixam as condições mínimas para a certificação técnica dos funcionários que atuam nas áreas de regulação e liquidação de sinistros, atendimento ao público, controles internos e venda direta.

As entidades do mercado - leia-se CNseg, a partir de agosto de 2008, FenaPrevi , a partir de fevereiro de 2007 (sucedendo a Anapp) e Escola Nacional de Seguros (Funenseg) - foram encarregadas pela Susep de realizar a certificação técnica dos profissionais em suas respectivas áreas de atuação. Após o credenciamento, essas instituições assinaram convênio para operação conjunta do programa de certificação, repassando à Escola Nacional de Seguros a programação e a gora a CNseg e a FenaPrevi assumiram a responsabilidade de expedir a certificação técnica por tempo de serviço tanto para os funcionários das empresas como para os assemelhados.

Em 2005, para o desenvolvimento da certificação técnica por tempo de serviço, a Fenaseg (CNseg) e a Anapp (FenaPrevi) conceberam, em conjunto, o sistema para controle de todo esse ambiente: Banco de Dados de Certificação Técnica Profissional (BDCT). Desde sua criação, até junho de 2008, o BDCT expediu 6.759 certificados por tempo de serviço a profissionais das áreas de venda direta, controles internos, liquidação de sinistros e atendimento ao público..

Clique aqui para acessar o
BDCT - Banco de Dados de Certificações Técnicas
 
(somente pessoal autorizado)