Voltar ao topo

O que são Seguros Inclusivos

Microsseguros

O microsseguro é tido como o primeiro passo para englobar pessoas que nunca tiveram seguro. Ou seja, seu alvo são consumidores de baixa renda, para os quais são desenhadas coberturas sob medida para ampará-los em situações que representem grande choques econômicos do orçamento doméstico, ameaçando-os jogar degraus abaixo no nível de pobreza, em virtude de morte, doenças prolongadas ou invalidez permanente, por exemplo.

O Brasil reúne os principais indicadores para uma acelerada expansão do microsseguro, a começar do numeroso mercado formado por pessoas de baixa renda e dos canais de distribuição variados, pontos essenciais para uma boa desenvoltura. Entre especialistas, o consenso é de que o Brasil tem o maior mercado voluntário e microsseguro”, um contingente que reúne cerca de 100 milhões de adultos .

E há um elenco de coberturas que podem atender este nicho de mercado, reduzindo as vulnerabilidades das pessoas de baixa renda, sabidamente maiores que o restante da população. Apenas para se ter uma ideia, há coberturas como as existentes no seguro prestamista; as da apólice de vida em grupo conjugada com as de acidentes pessoais; e a de assistência funeral. Mas cabe ressalvar que tais exemplos de coberturas não devem se constituir em limitador do mercado, a quem cabe de fato e de direito a missão de desenvolver cada vez mais produtos adaptados às necessidades e à realidade da população de baixa renda.

Em junho de 2012, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) publicou as normas que regulamentaram o microsseguro, estabelecendo o marco legal para as operações do mercado ao tratar da criação do corretor de microsseguro, do uso de correspondentes para a venda de produto e de valores dos capitais segurados.

linha-do-tempo_Microsseguro-vertical1.jpg