Seminário de Resseguros discutiu resseguro facultativo, entre outros temas, em São Paulo

13 de Novembro de 2017

Seminário de Resseguros discutiu resseguro facultativo, entre outros temas, em São Paulo

Evento reuniu mais de 90 representantes do setor em 7 de novembro, na sede do SindSeg-SP

A Comissão de Riscos Patrimoniais Grandes Riscos da FenSeg, com o apoio do Sindseg SP e da Escola Nacional de Seguros, realizou, no dia 7 de novembro, em São Paulo, o Seminário de Resseguros, que discutiu os principais pontos de atenção nas colocações de resseguro facultativo, boas práticas e as novas regulamentações de resseguros no Brasil.

Coordenado pelos representantes da FenSeg, Danilo Sobreira e Glória Aranha, o evento contou com a participação de mais de 90 representantes de resseguradoras e seguradoras do país. Para abrir o seminário, foram convidados o diretor presidente da Terras Brasis Resseguros e diretor do Sindseg SP, Paulo Botti; o diretor-executivo da Tokio Marine Seguradora e diretor da FenSeg, Luis Felipe Smith de Vasconcellos; a representante da CNseg, Luciana Dall Agnol; o gerente na SwissRe Corporate Solutions Brasil e presidente da  Comissão de Riscos Patrimoniais Grandes Riscos da FenSeg, Marcelo Neves; a diretora Técnica do XL Catlin e Vice-presidente, Thisiani Martins, e a representante da Allianz Seguros e membro titular da Comissão de Riscos Patrimoniais Grandes Riscos da FenSeg, Paula Tassi.

Além de traçar um panorama geral do mercado de resseguros no Brasil, o seminário abordou temas como o resseguro facultativo, as dificuldades e as boas práticas desse setor. Foram ouvidas seguradoras, resseguradoras e brokers de resseguro, que puderam expor suas visões sobre as práticas locais e internacionais do mercado de resseguros, a necessidade de uma maior profissionalização e especialização do setor no país e da implantação de boas práticas uniformes para todo o mercado. 

Para Paul Conolly, diretor de resseguros da Bowring Marsh Brasil, o seminário foi importante para debater as situações que incomodam ou preocupam cada elo da cadeia do setor. “Se não fizermos isso, fica cada um em seu ‘castelo’ achando que está tudo bem, sem nem imaginar o que está se passando nas demais áreas”, afirmou. 

“Eventos como estes promovem não só um diálogo franco e transparente entre os participantes, mas também um ‘antes inédito’ espírito de união entre as várias vertentes do mercado. Foi um privilégio poder participar”, disse Fabio Arturo Corrias, diretor de riscos facultativos da SwissRe Brasil Resseguros. 

Marcos Fugise, diretor executivo da resseguradora Partner Reinsurance Europe SE e Vice-presidente da FENABER, afirmou esperar que o evento seja um ponto de partida para ações concretas para melhorar tanto os processos quanto a qualidade das colocações de resseguro facultativo de grandes riscos no mercado brasileiro. “Melhorias na comunicação e na qualidade técnica de todos os atores envolvidos no processo são a chave para o sucesso”, afirmou. 

Também participaram dos debates especialistas do setor como Marcio Ribeiro da Capsicum Re, Francisco Marques da Chubb Seguros e Rubens Teixeira da Allianz Seguros.

“Foi um ótimo encontro. Todos pareceram dispostos a continuar o trabalho e se dedicar para melhorar as práticas do mercado de grandes riscos e resseguro. Acredito que a iniciativa irá gerar muitos frutos e espero que ela tenha continuidade, com a formação de um grupo de melhores práticas”, declarou Paulo Botti, diretor do Sindseg SP e presidente da resseguradora Terra Brasis.

Confira abaixo as apresentações:

>> Panorama Geral do Mercado de Resseguros

>> Dificuldades na colocação de resseguros facultativos, Boas Práticas e Novas Regulamentações

Fonte: SindSeg-SP

© Copyright 2016 | FenSeg | Rua Senador Dantas 74, 8º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777