Voltar ao topo

Práticas sustentáveis em seguros em discussão na UNEP-FI

Agenda dedicada aos seguros será no dia 15 e contará com presença de especialistas internacionais

10 de Outubro de 2019 - Eventos

 

Uma programação exclusiva para debater de forma prática a integração dos aspectos ambientais, sociais e de governança à operação de seguros marcará a edição anual da “Mesa-Redonda Regional da Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP-FI)”, que ocorrerá nos dias 14 e 15 de outubro em São Paulo. A Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) é uma das patrocinadoras do evento, que contará com representantes de seguradores e bancos de toda a América Latina.

Na agenda dedicada aos seguros, no segundo dia do evento, haverá debates sobre temas como a integração de aspectos Ambientais, Sociais e de Governança (ASG) na subscrição de Seguros de Danos e Responsabilidades, o desenvolvimento sustentável dos segmentos de Vida e Saúde, o lançamento do Guia Global PSI-WWF-UNESCO para proteger os sítios de Patrimônio da Humanidade e um debate sobre as recomendações da Força-Tarefa para Divulgação de Informações Financeiras Relacionadas a Riscos Climáticos (TCFD, na sigla em inglês).

Estão confirmadas as presenças de Butch Bacani, líder da Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP FI, na sigla em inglês); Marco Tormen, consultor de finanças sustentáveis da World Wide Fund for Nature (WWF) da Suíça, além de lideranças e executivos do setor de seguros.

A diretora de Relações de Consumo e Comunicação da CNseg, Solange Beatriz Palheiro Mendes, ressalta que a realização da Mesa-Redonda Regional no Brasil é uma oportunidade única para o setor: “Não é sempre que um evento global como esse acontece no Brasil e que o seguro garante o destaque devido na programação, entre os temas financeiros”. O superintendente de Relações de Consumo e Sustentabilidade da CNseg, Pedro Henrique Fernandes Pinheiro, informa que a edição conta com o patrocínio da CNseg, as inscrições são gratuitas, e, portanto, essa é uma chance para que mais profissionais do nosso mercado possam participar. “Nossa intenção é imprimir a visão do setor segurador brasileiro ao debate da sustentabilidade do setor financeiro latino-americano e global, pautando temas que são materiais para a nossa realidade, como educação em seguros, acesso e inclusão”, salienta Pinheiro.

Durante a Mesa-Redonda, será lançado o Guia de Proteção dos Patrimônios da Humanidade pelo Setor de Seguros, elaborado pela Iniciativa dos Princípios para Sustentabilidade em Seguros em parceria com o WWF e a Unesco, e as seguradoras poderão manifestar o apoio ao Compromisso de Proteção dos Patrimônios da Humanidade. O CEO da Tokio Marine, José Adalberto Ferrara, primeira seguradora do mercado brasileiro a manifestar apoio ao Compromisso, declarou que a empresa “reconhece os patrimônios da humanidade como vetores de sustentabilidade econômica, social e ambiental e o importante papel da indústria de seguros para protegê-los. Nossa missão é oferecer segurança e proteção para as pessoas. Portanto, aderimos à declaração desenvolvida pela Iniciativa PSI da ONU para o Meio Ambiente, WWF e UNESCO, e nos comprometemos a tomar ações proativas para proteger os locais de heranças mundiais”. A CNseg também já se comprometeu a apoiar a iniciativa. 

O compromisso compreende o aprimoramento do conhecimento e compreensão das melhores práticas para proteger os Patrimônios da Humanidade; o aumento da conscientização das pessoas e empresas para protegê-los; o estabelecimento de diretrizes de gerenciamento de riscos, princípios para seguros e investimentos, apólices, estruturas, e processos que impeçam ou reduzam o risco de garantir e investir em empresas ou projetos capazes de danificar ativos naturais e culturais. 

Realizado no Hilton São Paulo Morumbi, na Av. das Nações Unidas, 12901, o evento tem vagas limitadas. Os interessados em participar podem conferir a programação e se inscrever clicando aqui.

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS