Voltar ao topo

Artigo destaca a importante de se contratar coberturas securitárias aos riscos contra os quais se pretende estar protegido

Leia esta e outras notícias no Boletim GFIA

20 de Setembro de 2021 - Boletim GFIA

 

Boletim de Monitoramento 14 de setembro de 2021 

A agência de notícias Reuters publicou em seu site um artigo de Ashley Jordan e J. Andrew Moss sobre seguros contra crimes cibernéticos, explicando suas coberturas e os procedimentos para o recebimento da indenização no menor tempo possível.  

A esse respeito, o Presidente da CNseg, Marcio Coriolano, afirmou que: “A Reuters traz um importante alerta em relação aos seguros contra ataques cibernéticos, que pode ser aplicado a outros riscos cobertos por uma apólice de seguros: o de se atentar sempre aos riscos já cobertos e excluídos dessa e de  outras apólices do segurado. O exemplo trazido no artigo da agência de notícias faz menção específica aos prejuízos que podem gerar um ataque de ransomware (quando os sistemas de uma companhia são “sequestrados” e é cobrado um resgate para liberá-los), que vão muito além do valor pago ao hacker. São exemplificados no artigo, como efeitos secundários, os danos aos sistemas e o risco do vazamento de dados, hipóteses não necessariamente cobertas, que também podem causar grandes prejuízos às empresas. Por isso, é importante contratar a cobertura securitária que melhor se adeque aos riscos contra os quais se pretende estar protegido, e estar ciente deles caso ocorra um sinistro”.  

Sobre a GFIA 

A Federação Global de Associações de Seguros (GFIA, na sigla em inglês) é uma associação sem fins lucrativos criada para representar as associações de seguros nacionais e regionais que atendam aos interesses gerais das empresas de seguro de Vida, Saúde, Seguros Gerais e Resseguro. A instituição tem como objetivo fazer representações aos governos nacionais, reguladores internacionais e outros em nome do mercado segurador mundial. Com 40 instituições associadas, entre elas a CNseg, a GFIA representa cerca de 87% do total de produção de prêmio de seguros no mundo. 

Semanalmente, a GFIA distribui aos seus membros um Boletim com um compilado de consultas, publicações e notícias com o objetivo de contribuir para um diálogo internacional sobre questões de interesse comum do mercado segurador. 

Para mais informações sobre a GFIA, acesse seu site institucional: www.gfiainsurance.org/en 

Consultas e Publicações Recentes 

  • No dia 2 de setembro, o fórum da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre administração tributária publicou sua atualização de agosto (Clique aqui). 
  • No dia 3 de setembro, Willis Towers Watson publicou um artigo sobre como recriar o propósito de investimento e a criação de valor em seguros (Clique aqui). 
  • No dia 7 de setembro, a Força Tarefa de Ação Financeira (FATF) publicou um relatório sobre o progresso da Islândia no fortalecimento das medidas de combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo (Clique aqui). 
  • No dia 7 de setembro, a Organização Internacional para Comissões de Valores Mobiliários publicou um guia sobre inteligência artificial e machine learning para intermediários e gestores de ativos (Clique aqui). 
  • No dia 8 de setembro, a IOSCO publicou uma declaração sobre as taxas sensíveis ao crédito (Clique aqui). 

Recortes de Imprensa 

Coronavírus 

O impacto do seguro após o furacão Ida’s provavelmente será impulsionado pelos preços da pandemia (Reuters) As seguradoras estão se preparando para US$ 15 bilhões a US$ 30 bilhões em indenizações após o furacão Ida’s, mas o número pode ser maior, por causa da pandemia e do aumento dos preços da mão de obra e materiais para reconstrução, disseram especialistas em seguros na segunda-feira... 

A maioria dos poupadores está satisfeita com a inscrição na previdência profissional durante a COVID-19 (The Actuary) Uma pesquisa do provedor de pensão online “PensionBee” revela que 75% dos poupadores estavam satisfeitos por se inscreverem automaticamente em uma pensão de trabalho durante a pandemia, com 33% afirmando que isso destacou a importância em poupar... 

As seguradoras de vida retornaram para as normas pré-pandêmicas após o lançamento da vacina para o COVID-19 (Reuters) O lançamento das vacinas contra o COVID-19 está deixando as seguradoras de vida mais entusiasmadas em oferecer cobertura... 

Tecnologia 

Não torne a cura pior do que a doença: dicas para garantir a recuperação imediata do seguro de após perdas com ransomware (Reuters) O seguro de responsabilidade cibernética geralmente cobre pagamentos de resgate em ataques de ransomware. Mas os pagamentos de resgate e seus custos associados são, em muitos casos, apenas a ponta do iceberg. Mesmo as empresas prósperas o suficiente para o pagamento de um resgate, ainda incorrerão em outros custos substanciais... 

Macroeconomia 

China vai tornar mais rígida a regulamentação sobre as gigantes do seguro, em esboço no rascunho das diretrizes (Reuters) O órgão de supervisão de bancos e seguros da China publicou um esboço de diretriz na sexta-feira com o objetivo de melhorar sua regulamentação sobre as empresas de seguros para evitar riscos financeiros enquanto a economia nº 2 do mundo se esforça para se recuperar do impacto do COVID-19... 

Outros 

Lançando para o espaço? Não tão rápido. As seguradoras recusam-se a novas coberturas(Reuters) Uma quantidade cada vez maior de detritos espaciais está ameaçando satélites que pairam ao redor da Terra, fazendo com que as seguradoras desconfiem de oferecer cobertura aos dispositivos que transmitem textos, mapas, vídeos e dados científicos, disseram fontes da indústria... 

Os perigos de fazer regras para a manipulação do clima (Politico) Há a preocupação de que até mesmo discutir essas ideias possa abrir a porta para usá-las... 

Furacão Ida causará perdas de segurados de cerca de US$ 18 bilhões, diz KCC (Reinsurance News) A análise do modelador de risco de catástrofe “Karen Clark & Company” (KCC) estima que a perda da indústria de seguros e resseguros com o furacão Ida chegará perto de US$ 18 bilhões… 

Capital de resseguro cresce 3% em 2021. Capital ILS cresce mais rápido: AM Best (Artemis) Estima-se que em 2021, o capital mundial de resseguro disponível tenha aumentado pouco menos de 3%, para US$ 532 bilhões, mas os títulos vinculados a seguros (ILS), de terceiros... 

Munich Re lança segundo Título Verde para apoiar estratégia climática (Reinsurance News) A resseguradora Munich Re lançou seu segundo Título Verde após uma emissão bem-sucedida em 2020, projetada para reforçar sua base de capital com foco em oportunidades de crescimento emergentes... 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS

© Copyright - CNseg

© Copyright - FenSeg

© Copyright - FenaPrevi

© Copyright - FenaSaúde

© Copyright - FenaCap

© Copyright - Educação em Seguros

© Copyright - Poder Público