Voltar ao topo

É preciso medir efetivamente o progresso das empresas que se apresentam com boa classificação em critérios ASG

Confira esta e outras notícias no Boletim GFIA

06 de Outubro de 2020 - Boletim GFIA

 

Boletim de Monitoramento | 18 de setembro de 2020

Em artigo no Insurance Journal, Sasja Beslik, chefe de finanças sustentáveis do banco suíço Safra Sarasin, disse que “se os gestores de fundos estão falando sério sobre investimentos limpos, eles precisam sujar as mãos para conferir”. Foi a forma direta que encontrou para traduzir o que vai no mercado de iniciativas ambientais: é preciso medir efetivamente o progresso das empresas que se apresentam com boa classificação em critérios ASG (Ambientais, Sociais e de Governança). Porque, cada vez mais, os analistas entendem que a avaliação desses critérios pode, eventualmente, conter distorções. A esse respeito, o Presidente da CNseg, Marcio Coriolano endossou o cuidado: “Cada vez mais empresas amadurecem sobre a integração de temas ASG na avaliação de seus investimentos e na maneira como fazem negócios. Com um número cada vez maior de empresas aderindo à prática de reportar questões ligadas a ASG, surge um dilema: como avaliar se o relato ASG é consistente?  É preciso levar em consideração uma série de fatores sobre uma empresa no momento de uma análise ASG. A popularização do tema ASG é positiva quando promove a conscientização e estimula o engajamento, mas é negativa quando se torna mais uma campanha de marketing ou peça publicitária.” 

Sobre a GFIA

A Federação Global de Associações de Seguros (GFIA, na sigla em inglês) é uma associação sem fins lucrativos criada para representar as associações de seguros nacionais e regionais que atendam aos interesses gerais das empresas de seguro de Vida, Saúde, Seguros Gerais e Resseguro. A instituição tem como objetivo fazer representações aos governos nacionais, reguladores internacionais e outros em nome do mercado segurador mundial. Com 40 instituições associadas, entre elas a CNseg, a GFIA representa cerca de 87% do total de produção de prêmio de seguros no mundo.

Semanalmente, a GFIA distribui aos seus membros um Boletim com um compilado de consultas, publicações e notícias com o objetivo de contribuir para um diálogo internacional sobre questões de interesse comum do mercado segurador.

Para mais informações sobre a GFIA, acesse seu site institucional: www.gfiainsurance.org/en

Consultas e Publicações Recentes

No dia 08 de setembro, a Diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, discursou na Cúpula do Impacto do Global Steering Group.

No dia 09 de setembro, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) informou que a taxa de desemprego na área da OCDE tinha caído para 7,7% em julho de 2020, mas permaneceu 2,5 pontos percentuais superior à de fevereiro.

No dia 10 de setembro, os ministros do Trabalho e Emprego do Grupo dos 20 (G20) realizaram uma reunião virtual e emitiram uma declaração.

No dia 14 de setembro, o Grupo de Ação Financeira (FATF) publicou um relatório intitulado Ativos Virtuais - Indicadores Bandeira Vermelha de Lavagem de Dinheiro e Financiamento do Terrorismo, que visa ajudar as autoridades nacionais a detectar se ativos virtuais estão sendo usados para atividades criminosas.

No dia 14 de setembro, a OCDE publicou um relatório intitulado Fazendo a Recuperação Verde Funcionar para Empregos, Renda e Crescimento, que concluiu que os governos membros da OCDE comprometeram US$ 312 bilhões de recursos públicos para uma recuperação verde, de acordo com uma estimativa preliminar que será refinada nos próximos meses.

Recortes de Imprensa

Coronavírus

A incerteza do BI não será resolvida até 1º de janeiro: Lara Mowery do GC (Reinsurance News) Lara Mowery, chefe global de distribuição da corretora de resseguros Guy Carpenter (GC), argumentou que as próximas renovações em 1º de janeiro provavelmente serão complicadas pela incerteza contínua sobre a escala das perdas de interrupção de negócios decorrentes do COVID...

Philippe Donnet da Generali: Deixe-me ajudar a investir o fundo de recuperação da UE (Politico) Os líderes da UE fizeram história ao concordar com um fundo de recuperação do coronavírus. A parte mais difícil pode ser colocar esses € 750 bilhões para funcionar...

Munich Re endossa fundos estatais para risco de pandemia (Reinsurance News) A Munich Re argumentou que os riscos de pandemia “não podem ser segurados apenas pelo setor privado” e endossou o uso de grupos de risco apoiados pelo Estado para mitigar seu impacto...

Tecnologia

Seguradoras e resseguradoras em busca de investimentos em insurtechs “menos arriscadas”: Andrew Johnston da Willis Re (Reinsurance News) Seguradoras e resseguradoras estão em busca de oportunidades de investimento em “insurtechs” que representam menos de um "risco", pois têm um histórico comprovado e são mais propensas a ter sucesso...

WTW e a Universidade de Oxford colaboram na pesquisa de risco cibernético (Reinsurance News) O corretor global de seguros e resseguros, Willis Towers Watson (WTW), fez parceria com a Universidade de Oxford para desenvolver pesquisas que exploram três áreas principais do risco de segurança cibernética ...

Macroeconomia

Proteção residencial chinesa um novo grupo de risco para resseguradoras: Swiss Re (Reinsurance News) Um novo relatório do Swiss Re Institute destacou a oportunidade

para que as resseguradoras tenham acesso a um novo pool de risco, aumentando a aceitação de coberturas residenciais na China...

Nações da UE quebrando regras em acordos comerciais bilaterais com a China (Euractiv) Quinze estados membros da UE violaram as regras do bloco ao chegar a acordos comerciais bilaterais com a China como parte da ambiciosa iniciativa de rodovias e cinturões de Pequim (BRI), de acordo com um relatório contundente publicado pelo Tribunal de Contas Europeu...

Seguradora Aviva vende unidade de Cingapura enquanto novo CEO muda o foco (Reuters) A seguradora Aviva AV.L está transferindo seus negócios de Cingapura para um consórcio liderado pela Singapore Life, por S$ 2,7 bilhões (US$ 1,98 bilhão), enquanto a empresa listada em Londres concentra seu foco na Grã-Bretanha, Irlanda e Canadá...

Outros

Maior demanda de resseguro, tendência de longo prazo: Fitch (Reinsurance News) A pandemia COVID-19 contribuiu para um aumento na demanda por resseguro e, de acordo com a análise da Fitch Ratings, essa não é uma tendência de curto prazo...

Setor ESG cresce, mas investidores temem que os riscos aumentem (Insurance Journal) Se os gestores de fundos levam a sério os investimentos limpos, eles precisam sujar as mãos ...

Reestruturação da cadeia de suprimentos para gerar US$ 63 bilhões em prêmios: Swiss Re (Reinsurance News) A Swiss Re acredita que a reestruturação da cadeia de suprimentos resultante da pandemia COVID-19 pode gerar uma nova demanda por proteções de seguro e estima que volumes de prêmios globais adicionais de cerca de US$ 63 bilhões poderiam ser gerados durante...

Munich Re: O que podemos aprender com COVID-19 em termos de mudança climática? (Reinsurance News) Munich Re lançou seu artigo nos EUA, Reimagining Resilience em um mundo pós-pandêmico, que explora como a sociedade pode se tornar mais resistente a situações desastrosas semelhantes à crise COVID-19, como o risco de mudança climática...

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS