Voltar ao topo
image/svg+xml

Emissão de títulos atrelados a sustentabilidade dispara no mundo e bate recorde

Leia esta e outras notícias no Boletim CNseg Sustentabilidade em Seguros

06 de Maio de 2021 - Sustentabilidade

BolSustSegInt.jpg

05/05/2021 – 81ª edição

Este é o boletim informativo semanal sobre os temas de Sustentabilidade e Inovação. Trata-se de um compilado de notícias extraídas de fontes nacionais e internacionais, incluindo o Boletim da Federação Internacional de Associações de Seguros (GFIA, na sigla em inglês), disponibilizado semanalmente no site da CNseg.

Confira também a Conjuntura CNseg nº 42, uma análise mensal do estado dos segmentos de Seguros com o objetivo de examinar aspectos econômicos, políticos e sociais que podem exercer influência sobre o Mercado Segurador brasileiro.

Boa leitura!

Questões climáticas, sociais e ambientais passam a ser exigidas no gerenciamento de risco das instituições financeiras - Artigo de Marcio Coriolano – Presidente da CNseg - Em 7 de abril o Banco Central abriu consulta pública sobre as formas de aprimorar o gerenciamento de riscos sociais, ambientais, e ainda climáticos físicos e riscos climáticos de transição, este último relacionado ao processo de uma economia de baixo carbono. É um grande passo para avançar na direção de novos modelos que incorporem a agenda ASG nas organizações (CNseg).

As seguradoras e resseguradoras líderes mundiais e o Programa Ambiental da ONU estabelecem a aliança de seguros Net-Zero pioneira - Sete das principais seguradoras e resseguradoras do mundo estão atualmente no processo de estabelecer uma aliança pioneira no Setor de Seguros para acelerar a transição econômica para um sistema resiliente e com zero emissões de carbono, em linha com a meta de 1,5 ° C do Acordo de Paris sobre Mudanças Climáticas (UNEP FI – Notícia disponível apenas em inglês).

BNDES tem na fila mais cinco leilões de saneamento - O leilão de ontem é uma esperança para reduzir os índices vergonhosos de saneamento no País. Hoje 100 milhões de brasileiros não têm acesso à coleta de esgoto e 35 milhões não são abastecidos com água potável.  Atualmente, o setor privado está presente em 7% dos municípios brasileiros e atende 30 milhões de pessoas. A expectativa é que essa participação dobre com as licitações em andamento. Em 10 anos, essa fatia pode alcançar entre 40% e 50%, segundo cálculos do mercado (ISTO É Dinheiro).

Novo conselho de padrões tem como meta meados de 2022 para divulgações de empresas de clima global - A International Financial Reporting Standards Foundation (IFRS) solicitada por governos e reguladores financeiros a estabelecer um novo órgão para redigir normas sobre como as empresas devem divulgar os riscos das mudanças climáticas em suas operações.  O lote inicial de padrões irá adaptar as normas existentes estabelecidas por reguladores globais da Força-Tarefa sobre Divulgações Financeiras Relacionadas ao Clima (TCFD), já sendo utilizadas voluntariamente por algumas empresas. O SSB terá pelo menos um presidente e um vice-presidente, talvez até um conjunto completo de membros do conselho, a tempo para a conferência sobre mudanças climáticas da ONU COP26 na Escócia em novembro, que contará com a presença de líderes mundiais (Reuters – Notícia disponível apenas em inglês)

“Maquiagem verde” é desafio para ações ESG - O sócio-fundador da gestora Fama, Fabio Alperowitch, afirmou que o grande perigo hoje no universo dos investimentos ESG (sigla em inglês para critérios ambientais, sociais e de governança) é o chamado “greenwashing” - também conhecido como “maquiagem verde” -, quando uma empresa tenta mostrar uma faceta sustentável sem de fato o ser (O Valor Econômico).

BlackRock aumenta aposta no Brasil e B3 passa a negociar novos ETFs - A partir de hoje, 26 novos fundos de índice estarão disponíveis para investidores qualificados no país; segunda rodada de ETFs da BlackRock no Brasil agora totaliza 65 produtos (Exame Invest).

Emissão de títulos atrelados a sustentabilidade dispara no mundo e bate recorde - No primeiro trimestre, os SLBs (sustainability-linked bonds) somaram US$ 9,5 bilhões, um número consistente se comparado aos US$ 16 bilhões dos anos de 2019 e 2020. O Brasil emitiu US$ 3,4 bilhões em greenbonds e SLBs no primeiro trimestre, 79% do que foi captado com tais instrumentos na América Latina (O Estadão).

Guia Técnico: TCFD para investidores de Real Estate - Aprenda como investidores de Real Estate podem aplicar as recomendações da Task Force for Climate Related Financial Disclosure (PRI).

CONTEÚDOS RELACIONADOS