Voltar ao topo

Valor Econômico: Seguradoras desenham novos serviços com uso de sensores

20 de Setembro de 2022 - Imprensa

“Investimos para transformar o seguro, de apenas pagar indenizações, para ajudar as pessoas a entenderem seus riscos e reduzi-los”, afirma Dyogo Oliveira, presidente da Confederação Nacional das Seguradoras (CNSeg), em reportagem do Jornal Valor Econômico sobre novos serviços oferecidos pelas seguradoras com uso de sensores.  

Os sensores citados na matéria começarão a ser mais utilizados com a popularização no país da tecnologia 5G, projetada para oferecer suporte a todo um ecossistema de sensores e dispositivos inteligentes totalmente conectados que poderão “falar” entre si, compartilhando informações cruciais e reduzindo riscos evitáveis. 

Algumas seguradoras, informa a reportagem, já usam a tecnologia para dar descontos no seguro de vida, por exemplo, por meio de relógios inteligentes. Quanto mais constantes as práticas esportivas, maior o benefício, que pode ir de um desconto no preço do seguro ao aumento do valor do capital segurado da apólice. 

O 5G também promete aprimorar o controle de fraudes, podendo levar a uma redução do preço do seguro. Com essa tecnologia, “poderemos liquidar rapidamente sinistros, mitigar riscos climáticos com equipamentos interligados a bens segurados por meio da IoT (internet das coisas), monitorar automóveis por drones, utilizar sensores que apontam deficiência em equipamentos industriais, reduzindo o número de sinistros. Temos muitos avanços com o 5G”, concluiu o presidente da CNseg. 

>> Confira a íntegra da matéria no site do Valor, clicando aqui (acessível somente a assinantes) 

CONTEÚDOS RELACIONADOS

© Copyright - CNseg

© Copyright - FenSeg

© Copyright - FenaPrevi

© Copyright - FenaSaúde

© Copyright - FenaCap

© Copyright - Educação em Seguros

© Copyright - Poder Público